Romadel

Foto: Romilton Batista de Oliveira

Bio

Romilton Batista de Oliveira nasceu em Itabuna-BA, em 15 de dezembro de 1965 e é filho de Adelino Batista de Oliveira e Maria Caetano da Silva. Graduou-se em Letras pela Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC. É especialista em Leitura e Produção Textual, especialista em Estudos Comparados em Literaturas de Língua Portuguesa (UESC), especialista em Gestão do Trabalho Pedagógico (UNIME) e especialista em História da Cultura Afro-Brasileira (FTC). Mestre em Cultura, Memória e Desenvolvimento Regional (UNEB) e Doutorando em Cultura e Sociedade (UFBA). Publicou seis livros pela editora Câmara Brasileira de Jovens Escritores – CBJE (Rio de janeiro) e vários artigos acadêmicos em anais eletrônicos, Congressos e Seminários de vários lugares do Brasil. Faz parte do grupo de pesquisa “Cultura e Subalternidade”, coordenados pelos Doutores Maurício Matos e Marinize Prates (UFBA). Teve seu conto intitulado “Um jardim muito especial” selecionado, entre 686 inscritos, no I Concurso Literário do Servidor Público do Estado da Bahia, conto este que faz parte da Coletânea de Poesia e Prosa, lançado em Salvador, Bahia, no dia 03 de novembro de 2014, no Teatro Castro Alves. Publica mensalmente poesias e contos na editora CBJE (Rio de Janeiro) há quatro anos.

Produção Literária

HOMEM NU, SEM MÁSCARAS

Hoje eu levantei disperso, longe da vida, perdido

Desencontrado, desnorteado, sem som e sem sentido

Vendo as coisas partidas, fora de lugar, deslocado

Repleto de abelhas zumbindo em meu ouvindo

Gritando em forma de pânico, terror, delírio.

 

Hoje eu me levantei diferente

Distraído, confuso, líquido, desprevenido de ideias

Passado, futuro ou qualquer sentido espacial ou temporal,

Levantei sem meu corpo original, desconfiando de tudo

Das pessoas, dos amigos, dos sonhos, da vida

Dos signos que nos afogam em nossas casas internais.

 

Hoje eu me levantei“pesado”, carregado de sombras perdidas

De ecos sombrios, de mórbidos risos espalhados em minha face que nem se mostra

Porque foi tomada pelo amargor que neste momento me faz escrever:

Amargor com gosto de sangue, com gosto de repúdio

Amargor com gosto de desumanidade…

 

De repente, eu me dei conta de que estava crescendo novamente

Redescobrindo o mundo com as suas múltiplas faces

Repleta de falsos discursos, falsos homens, falsos amores

De repente, eu me dei conta de minha existência

Porque sinto pulsando no meu corpo a mudança avassaladora que me chega

Silenciosamente… Colocando em mim este novo homem estranho

Que eu ainda não conhecia: o homem nu, sem máscaras.

Publicações

  • Literatura, Identidade e Memória: artigos reunidos e uma seleção de produção literária do autor, 1ª edição, (CBJE), 2011;
  • Uma híbrida caminhada no rastro da memória: poesia e prosa (CBJE), 2012;
  • Literatura, Identidade e Memória: artigos acadêmicos reunidos e uma seleção de produção literária do autor (CBJE), 2012;
  • Crônicas, contos e poemas negros: três caminhos que nos levam à memória (CBJE), 2012;
  • Estação Poesia: Um mundo cheio de encantamento, realismo, memória, história, espiritualidade e imaginação (CBJE), 2013;
  • Raios de Prosa: caminhos de luz, magia e imaginação nas margens da representação, identidade e memória (CBJE), 2014;
  • OLIVEIRA, Romilton Batista de. A voz bakhtiniana em "A igreja do diabo", Último capítulo" e "A segunda vida". In: Litterata: revista do Centro de Estudos Portugueses Hélio Simões, Volume 2, Número 1, Janeiro/junho de 2012,Ilhés-Bahia: Editus, 2014;
  • OLIVEIRA, Romilton Batista de. Um jardim muito especial. In: 1º Concurso Literário do Servidor Público. Salvador, Bahia: Fundação Luis Eduardo Magalhães, 2014;
  • Autobiografia de Romilton Batista de Oliveira. In: YESHUA, Carlos Sousa. Dicionário de Escritores Contemporâneos da Bahia. Salvador, Bahia: CEPA - Círculo de Estudo, Pensamento e Ação, 2015;
  • OLIVEIRA, Romilton Batista de. Nas margens da experiência loboantunesiana: trauma e representação em tempos de guerra. In: Contexto [recurso eletrônico] / Universidade Federal do Espírito Santo, Programa de Pós-Graduação em Letras. – n. 29 (2016)- . – Vitória : Ufes, PPGL, 1992- . v. semestral. Modo de acesso: World Wide Web: <http://www.periodicos.ufes.br/contexto> ISSN 2358-9566 (online).

Contato

romilton.oliveira@bol.com.br