Nildo Ramos

Foto: Nildo Ramos

Bio

Nildo Ramos é um jovem Cordelista de 21 anos de idade, baiano e totalmente apaixonado pela Literatura de Cordel, seu nome de registro  é Geronildo Ramos Pereira, mora na zona rural da cidade de Serrinha- BA, em um Povoado chamado TROCADO. Aos 16 anos concluiu o Ensino médio, em escola Pública, com Formação Geral e atualmente é estudante do 7º semestre do curso de Pedagogia pela Universidade do Estado da Bahia- UNEB, Campus XI-Serrinha.

O interesse em pesquisar por essa temática surge do próprio sujeito pesquisador, pois é apreciador dessa arte. Desde o Ensino Fundamental II, na escola pública regular, que já escrevia as primeiras produções e a vontade em produzir cada vez mais, crescia a cada produção feita. E, Possivelmente, ganhou mais força ainda após o ingresso na Universidade, quando me aprofundei mais acerca da temática.

Já escreveu cordéis de diversas temáticas, a exemplos, EDUCAÇÃO, FAMÍLIA, SOCIEDADE, AMOR, AMIZADE, A CIDADE SERRINHA, A VAQUEJADA, SUPERAÇÃO, EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) entre outros. Foi professor estagiário do IEL por dois anos em Escola Pública desse município e hoje é Bolsista Pelo Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência-PIBID, os quais contribuíram para sua formação tanto pessoal quanto profissional.

Já participou de eventos, tais como Cooperativismo Solidário, Formação de Professores, Educação Inclusiva e alguns cursos de extensão em educação, Formação de Brinquedistas, além de apresentar Cordel sobre Formação de professores e trabalho docente: Interfaces e desafios, na aula inaugural de 2015 da  UNEB XI.

Seu lema de vida é continuar seguindo apesar das dificuldades, pois o melhor sempre está no final do caminho e desistir não significa evolução.

Produção Literária

Formação de Professores e Articuladores com a Educação Básica

As discussões sobre formação docente,

Ampliaram-se no contexto social,

Em consequência de promover,

Maior qualificação Educacional,

Pensando também nas condições de trabalho,

Deste grandioso profissional.

 

Esse tipo de formação,

Seguem duas vertentes,

O Professor como aluno,

E o Professor como docente,

Pra quem está estudando pra profissão,

Ou já está em exercício permanente.

 

Deve ser um processo contínuo,

Que requer muita atenção,

Tanto das políticas públicas,

Quanto do sujeito da formação,

Pois esse é o caminho,

Pra uma melhor educação.

 

Pensar no ser Professor,

É pensar na sociedade,

Pois ele é um exemplo,

E tem muita capacidade,

E investir nesse profissional,

É de inteira necessidade.

 

O fracasso escolar está atrelado,

Também a sua má formação,

Que implica no seu desempenho e dos estudantes,

Em suas etapas de escolarização,

Comprometendo assim,

Todo sistema de educação.

 

O que chamamos de Formação Continuada,

É uma proposta bem decente,

Pois orienta o trabalho educativo,

E amplia o conhecimento docente,

O faz refletir sobre suas práticas pedagógicas,

Tornando um profissional mais experiente.

 

Cada assunto apreendido no seu curso,

Pelo futuro docente,

Deve estar ao seu ensino,

Relacionando diretamente,

Sendo uma articulação do saber e do passar,

Em exercício permanente.

 

Deve- se haver uma proposta mais ampla,

Que seja objetiva e sistematizada,

Entre o saber teórico e o fazer pedagógico,

Visando uma formação mais direcionada,

Que contemple as falhas visíveis,

Facilitando toda jornada.

Publicações

Contato

nildo_ramos_@hotmail.com